top of page
Buscar

AT&T, maior operadora móvel dos EUA, sofre vazamento de dados com 73 milhões de contas.

A maior operadora móvel dos EUA admite o vazamento e toma medidas após grande falha no vazamento de dados sensíveis de seus clientes.

A operadora norte-americana AT&T confirmou neste final de semana o vazamento de dados pessoais de 7,6 milhões de usuários atuais e de mais de 65,4 milhões de ex-clientes na dark web, totalizando mais de 73 milhões de contas.

A empresa alega, no entanto, que a verdadeira fonte dos dados “ainda está sendo avaliada”, pois a operadora ainda não sabe se os dados foram originados da AT&T ou de um de seus fornecedores. .

“A AT&T lançou uma investigação robusta apoiada por especialistas internos e externos em segurança cibernética”, afirmou a empresa.

De acordo com uma declaração oficial da AT&T, o vazamento de dados parece datar de 2019 ou antes, afetando cerca de 7,6 milhões de titulares de contas atuais e aproximadamente 65,4 milhões de ex-titulares de contas. A empresa declarou que ainda não confirmou a origem do vazamento e está conduzindo uma investigação para determinar se os dados vazados provêm dela mesma ou de um de seus fornecedores.

Após três anos desde que um hacker reivindicou o roubo de registros de 73 milhões de clientes, a AT&T finalmente reconheceu que os dados vazados pertencem a seus clientes. Em 2021, um hacker que afirmava ter invadido os sistemas da AT&T divulgou apenas uma pequena parte dos registros, dificultando a verificação da autenticidade dos dados.

Em comunicado, a AT&T informou que até aqui o incidente não teve um impacto material em suas operações.

Fonte: Gazeta News

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page